Tyrone Crawford é eleito o jogador do Cowboys a ganhar o prêmio...

Tyrone Crawford é eleito o jogador do Cowboys a ganhar o prêmio Ed Block Courage Award

337
Foto: Brandon Wade / AP Photo

Tyrone Crawford foi honrado como o jogador do Dallas Cowboys a ganhar o Ed Block Courage Award na noite de segunda feira durante o 37º anual Ed Block Courage Awards em Baltimore.

Todas as 32 franquias da NFL designam um jogador para a premiação anual, que é dado ao jogador que melhor exemplifica o ‘comprometimento para os princípios de espírito esportivo e coragem’. Crawford foi eleito pelos seus companheiros de equipe como o vencedor, depois de ter o melhor ano de sua carreira em 2014 após uma lesão na pré-temporada que o tirou da temporada de 2013.

Em seu twitter, Crawford comemorou o prêmio:

 

Tradução: “#CowboysNation babyyyy! Grande noite e grande fim de semana no Ed Block Courage Awards #NFLCourage @dallascowboys”

 

Crawford teve uma ruptura no tendão de Aquiles no primeiro dia do training camp, encerrando sua temporada de 2013 antes mesmo de começar. A lesão teve um grande impacto no defensive tackle, que foi escolhido pelo Cowboys na 81ª escolha geral do draft de 2012.

Depois de passar a temporada de 2013 na injury reserve, Crawford ressurgiu em grande forma na sua terceira temporada na NFL. Depois de mudar sua posição de defensive end para defensive tackle, Crawford se tornou um dos pass rushers mais efetivos do Dallas Cowboys. Crawford teve um total de 37 tackles, quatro tackles para perda de jardas, três sacks e 29 pressões no quarterback jogando na posição de three-technique.

Apenas Jeremy Mincey e Henry Melton tiveram mais sacks que Crawford na temporada, ambos com seis. Já em pressão no quarterback, Crawford ficou atrás apenas de Mincey.

O vencedor do Dallas Cowboys no prêmio Ed Block Courage costuma ter a mesma “receita de sucesso”. Barry Church ganhou o prêmio em 2013 após ter também uma lesão no tendão de Aquiles em 2012, conseguindo 135 tackles pelo time em 2013. Já o All-Pro tight end Jason Witten ganhou o prêmio em 2012, quando superou uma lesão no baço para ter o recorde da NFL de 110 recepções para 1.039 jardas.

Gabriel Plat

Editor-Chefe em Blue Star Brasil
Curte NFL por escolha e o Dallas Cowboys por amor. Aprecia a boa música e compartilha outro sofrimento: o Botafogo. Um dos participantes do podcast.