O defensive lineman Tyrone Crawford está vindo de uma performance no último domingo, quando ele teve 1 1/2 sacks, seis tackles, três quarterback hits e um essencial fumble recuperado.

Ele ganhou a melhor nota dada pelo o coordenador da defesa, Rod Marinelli, na vitória sobre os Eagles. Ele jogou em 64 snaps, o que dá 82% das jogadas defensivas, de longe a maior participação por qualquer defensive lineman dos Cowboys.

“Ele jogou duro,” disse o técnico dos Cowboys, Jason Garrett. “Ele apareceu combatendo o jogo terrestre, ele apareceu atingindo o quarterback. Ele esteve muitas vezes ao redor da bola, teve um impacto. Ele tem um espirito incansável dentro dele. Ele possui uma natureza muito física dentro dele e isso o torna muito produtivo.”

Crawford lidera o time com 3 1/2 sacks — ele teve cinco na última temporada.

Crawford recuperou um fumble chave cedido pelo running back dos Eagles, Wendell Smallwood, no quarto período, que foi forçado pelo tackle de Terrell McClain. Isso gerou um field goal para os Cowboys, diminuindo a vantagem dos Eagles para um touchdown. Esse foi o 10º takeaway conseguido pela defesa dos Cowboys, que conseguiu 11 na última temporada.

“Nós sabemos que os turnovers, essas grandes jogadas fazem a diferença,” falou Crawford. “Nós sabemos que alguém na defesa tem que fazer uma jogada que mude o jogo.”

Os Cowboys não permitiram mais do que 23 pontos em um jogo e somente permitiu 24 jogadas de mais de 20 jardas, empatados em quinto menor número na liga. Eles também são o único time na NFL a não permitir a um corredor ou a um recebedor um jogo de 100 jardas nessa temporada.

Eduardo Zamarian

Eduardo Zamarian

Colaborador em Blue Star Brasil
Gosto de ver todos os esportes, mas acompanhar o Dallas Cowboys e o Corinthians é obrigação diária. E também todo dia é dia de rock,bebê.
Eduardo Zamarian