Se você é torcedor do Dallas Cowboys, a Semana 17 provavelmente não foi tão emocionante. Sem riscos de cair na classificação para os playoffs e com a melhor campanha já garantida, foi notável que a derrota para o Philadelphia Eagles não incomodou muito os torcedores do Time da América.

Mas a Semana 17 também trouxe os times que vão para a pós-temporada junto com o Dallas Cowboys. Melhor ainda: os possíveis adversários do time. Como o Cowboys folga na rodada de Wild Card, ainda não é possível saber o adversário exato do time, mas já reduzimos e muito as possibilidades.

Pelo chaveamento dos playoffs da NFL, o Dallas Cowboys é o time de número 1 da NFC e entra somente na rodada divisional. Entre outras palavras, o time é cabeça de chave. E por ser o melhor cabeça de chave da conferência nacional, o Cowboys enfrenta o time de pior classificação dentre os vencedores da rodada de Wild Card.

Entre os times que jogarão o Wild Card, estão o Seattle Seahawks (nº 3), o New York Giants (nº 5) e o Detroit Lions e Green Bay Packers (números 4 e 6). Pelo chaveamento, o número 3 sempre recebe em casa o número 6 e o número 4 recebe o número 5 em casa. Isto é: o Seahawks joga em Seattle contra o Lions e o Packers joga em Green Bay contra o Giants.

Como foi dito acima, o Cowboys enfrenta o time de pior número entre os que disputam a rodada de Wild Card. Como é impossível que o Seahawks seja esse time, já que não há ninguém com um número de classificação maior, não há chances de que ele seja o adversário do Cowboys. Isto diminui o número de possíveis adversários para três: o Detroit Lions, o Green Bay Packers e o New York Giants.

Sendo ainda mais claro: se o Seattle Seahawks perder para o Detroit Lions, o próprio Lions será o adversário do Dallas Cowboys. Mas se o Seahawks vencer o Lions, então o vencedor entre Green Bay Packers e New York Giants irá para Dallas enfrentar o Cowboys.

O curioso disso tudo é que o Dallas Cowboys tem uma relação recente com todos os três times na pós-temporada. O New York Giants foi o responsável pela eliminação do Cowboys em Dallas na temporada de 2007, onde o time terminou também como número 1 e uma campanha de 13-3 e acabou decepcionando em casa. O Detroit Lions foi a última vítima de Dallas na pós-temporada, quando Tony Romo virou o jogo no fim e um fumble recuperado por DeMarcus Lawrence selou a vitória por 24 a 20.

Por fim, o Green Bay Packers foi o adversário da última partida de Dallas nos playoffs. Foi em Green Bay que houve a recepção anulada de Dez Bryant que é tão comentada até os dias de hoje e que encerrou o sonho do bom time da temporada de 2014.

Em outras palavras, a pós-temporada de 2016 terá um clima de revanche no jogo do Dallas Cowboys.

Gabriel Plat

Editor-Chefe em Blue Star Brasil
Curte NFL por escolha e o Dallas Cowboys por amor. Aprecia a boa música e compartilha outro sofrimento: o Botafogo. Um dos participantes do podcast.